Aconteceu que várias peças serão reutilizadas em um dos protótipos, outras serão vendidas para que eu possa comprar componentes mais úteis para o videogame. É impressionante como isso pode ser mais complexo do que aparenta, mas no final não tem nada de impossível. Você pode conferir a imagem que mostra boa parte do hardware do Joyking Retrô, que foi montado com muito carinho. Podemos dizer que o protótipo é isso, mas ainda falta colocar dentro de um case.



Montando um joystick

Existe um projeto opensource chamado "Unojoy" que pode auxiliar novos desenvolvedores a criar seu próprio joystick. Coisa que é útil de muitas maneiras, desde desenvolver um joystick para jogos até um controlador para robôs ou CNCs. Mas meu objetivo é desenvolver um controle que combine com o Joyking retrô. Então eu montei o Joymega JK com o objetivo de suprir as necessidades desse protótipo.

Basicamente iremos usar um Arduino Mega 2560, duas shields de joystick e os arquivos da comunidade do Unojoy.

Nessa foto você pode ver o circuito de ligação das Shields no Arduino Mega. Essa é a ligação que eu escolhi. Você pode se basear nesse esquema para montar um igual. Após montar esse circuito você vai precisar colocar o código no Arduino, que é praticamente igual ao Unojoy padrão, portanto usaremos o arquivo padrão e faremos as seguintes modificações:

1 - Na função "setupPins" declare
A0, A1, A2, A3 -> Para os analógicos.
Do pino 22 até o 35 -> Para os botões.

2 - Na função "dataForController_t getControllerData"
Atribua os pinos aos devidos botões.
Exemplo: controllerData.startOn = !digitalRead(27);

3 - Grave no Arduino Mega e continue como no projeto normal do unojoy.

Finalmente seu joystick está configurado. Depois de fazer isso basta ativar o modo DFU do Arduino e então executar o "TurnIntoAJoystick.bat" disponibilizado pelo Unojoy. E pronto, você já pode conectar como um joystick genérico e sair metendo a porrada em qualquer jogo.


Detalhes dessa história!

Esse é o joyking retrô já com seus componentes plugados inicianto seu sistema operacional. (que era em Linux) Terá ainda mais alguma imagem dele na próxima publicação :D

O Alex Mamed é dono da maior coleção de videogames dentro do Brasil. Ele tem mais videogames do que você imagina que existem. Não bastando isso, ele também está apoiando o desenvolvimento do Joyking, por causa disso um dos protótipos irá para a sua coleção como mais um item exclusivo.

Conheça a faculdade em que me formei. A FADEP me deu todo suporte para ingressar nessa vida de inventor maluco. Graças à FADEP e também ao apoio de vários amigos eu consegui desenvolver o videogame GameShip.